Tá Amarrado!

amarrado

Está é uma expressão comum que ouvimos, entre evangélicos, entre não evangélicos e até mesmo em programas de humor e no dia a dia de várias pessoas. Tem a finalidade de espantar alguma coisa ruim, dizer que determinado acontecimento não é aceito ou como sinônimo de “sai prá lá, fica longe de mim, sai fora, etc”.

Mas qual a origem desta expressão?

Está expressão foi cunhada pelo movimento pentecostal na década de 90 e tem origem na passagem de Marcos 3:27 “Ninguém pode entrar na casa do valente para roubar-lhe os bens, sem primeiro amarrá-lo; e só então lhe saqueará a casa.”

O contexto da passagem é uma resposta de Jesus aos Fariseus que o acusavam de expelir demônios por Belzebu, então Jesus responde com a parábola citada em Mc 3:27. A questão é lógica e conhecida, ninguém pode entrar na casa de um homem forte sem primeiro amarrá-lo e depois roubar os seus bens. A polícia ao invadir o esconderijo de um bandido e domina-lo, algema-o para não oferecer resistência e só assim pode revistar a casa.

Jesus aqui anuncia a chegada do seu reinado na terra. A prisão de satanás ou sua amarração, começa com o ministério de Cristo, a sua missão, a sua pregação, os seus milagres, o seu sofrimento, a sua morte na cruz, a sua ressurreição, o seu triunfo sobre principados e potestades e o assentar a direita de Deus com todo o poder no céu e na terra.

Ao cumprir a sua missão Jesus se une a sua igreja e dá autoridade para que ela pregue seu evangelho a todos os cantos do mundo, pois como Paulo fala em Cl 2:15 “…despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.”. Então, agora satanás não pode mais cegar as nações, impedindo que conheçam o evangelho, como ocorria até aquela época, pois somente a nação de Israel detinha o conhecimento do Deus verdadeiro. Os outros povos estavam cegos na sua idolatria e falsas religiões, más agora através do evangelho, deixado por Cristo, os gentios também têm acesso as bênçãos de Deus. Mt 24:14 “E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.”

Percebemos que satanás foi amarrado na primeira vinda de Cristo, más isso não quer dizer que ele está inativo e não pode fazer nada, a ele foi imposta uma limitação severa, como registrado em Ap 20:2-3 “Ele segurou o dragão, a antiga serpente, que é o diabo, Satanás, e o prendeu por mil anos;  3 lançou-o no abismo, fechou-o e pôs selo sobre ele, para que não mais enganasse as nações até se completarem os mil anos. Depois disto, é necessário que ele seja solto pouco tempo.”. Apesar de parecer que o evangelho está fraco e em muitas vezes na história quase sucumbir as perseguições, ele permanecerá firme até o fim pois as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja, Mt 16:18.

A expressão “Tá Amarrado” caiu no gosto popular, mas muitos nem imaginam o seu verdadeiro significado.

Diácono Gilson M S Santos